DOWNLOAD DO RELATÓRIO WORKANA 2019 DOWNLOAD

Relatório
Workana 2019

Uma jornada para entender a dinâmica do mundo digital freelance na América Latina: quem são os freelancers e clientes, como se comportam, quais são suas expectativas e como se preparam para o futuro do trabalho.

A Workana realiza este relatório anualmente para analisar, refletir e compartilhar com o mundo a maneira como essas formas de trabalho estão evoluindo. Se trata de uma ferramenta útil tanto para trabalhadores, pesquisadores, profissionais de comunicação, empresas e curiosos, como também para aqueles freelancers que estão dando seus primeiros passos neste caminho e querem saber como projetar o seu trabalho. Você nos acompanha nesta viagem?

O QUE
DESCOBRIMOS ?

Já adiantamos, não é furada

Uma nave quase completa. Somos cada vez mais.

Os freelancers se sentem confortáveis com essa forma de trabalhar, e muitas pessoas que ainda não começaram querem aderir ao trabalho independente, e já planejam fazer isso no futuro (seja como freelancers ou empreendedores), começando por se perguntar quais são os diferentes espaços e plataformas que oferecem serviços orientados a isso. Há uma forte presença desse tipo de “viajantes” em plataformas como a Workana.

Que a força esteja com você. A união faz a força.

Embora o trabalho freelance seja uma atividade, em grande parte, solitária, os freelancers buscam diferentes estratégias para se desenvolverem, principalmente se “associando” com outros freelancers que complementam as suas áreas de atuação e formando equipes de trabalho, ou se capacitando em outros ramos a fim de poderem oferecer diferentes serviços. Nesse sentido, são proativos, possuem uma grande capacidade de adaptação e estão constantemente à procura de diferentes alternativas para crescerem e se prepararem para o futuro tecnológico.

Velocidade média: Ainda há desafios para solucionar.

Não é novidade: há uma tendência crescente do trabalho freelance que ainda não está totalmente inserida dentro das empresas. Estamos vivendo uma etapa de transição. A oportunidade consiste em fortalecer e construir vínculos entre os freelancers e seus clientes ou com as equipes fixas das empresas que os incorporam. As empresas estão a caminho da transformação tecnológica estão confiantes que seguem na direção certa, acreditam que o trabalho remotoestá em crescimento e mantém uma visão otimista sobre o futuro do trabalho freelance.

Tripulação diversa: Há lugar para talentos de todas as idades.

Aqui vale a pena destacar as idades dos freelancers e dos clientes. Enquanto no primeiro grupo se encontram as menores faixas etárias (principalmente entre 21 e 30 anos), no segundo grupo se concentram as faixas de maior idade (41 anos e mais), onde estão localizados mais de 40% de todos os clientes.

Primeira parada:
O planeta dos freelancers.

QUEM SÃO?

Na plataforma estão de registrados mais de 1.8 milhões de profissionais que participam de diferentes projetos. Entrevistamos 2091 freelancers para preparar este relatório.
Desde 2012 até meados de 2019, foram publicados quase 1 milhão de projetos.

HÁ 1.8 MILHÕES

de freelancers na Workana

Entrevistamos 2091

GÊNERO

Mais iguais. Tanto as mulheres como os homens realizam trabalhos na modalidade freelance.

IDADE

Os jovens entre 21 e 30 anos predominam no mundo freelance, seguidos por jovens adultos (entre 31 e 40 anos).

Gênero e idade

Freelancers com filhos?

Outro mito derrubado: ter filhos não é um fator determinante na hora de candidatar a um trabalho freelance.

RENDA MENSAL

Quanto os freelancers ganham por mês?

A grande maioria dos freelancers ainda está dando os primeiros passos em sua carreira profissional: alguns decidem se dedicar de maneira full-time, e outros como um complemento de renda (part-time). Uma faixa de aproximadamente 7% dos top freelancers ganham mais de US$1.500.

Renda por trabalho freelance full-time ou part-time

Rendimentos como principal renda familiar

Rendimentos por gênero

Há mais igualdade entre homens e mulheres no mercado freelance, mas ainda vemos que há maior presença masculina nas áreas com maior ticket médio.

Os homens tendem a perceber maiores rendimentos do que as mulheres.

Projeção de futuro

Dentro da Workana, há uma certa quantidade de usuários que ainda não trabalham como freelancers. A grande maioria chegou a se registrar por curiosidade.
Mas… como eles pensam que será o seu futuro?
91,5% acredita que vai começar a trabalhar de maneira independente em breve.

EM QUAIS ÁREAS
OS FREELANCERS TRABALHAM?

A maioria dos profissionais realizam tarefas na área de tradução e conteúdos, juntamente com os trabalhos voltados às novas tecnologias (design e multimídia, TI e programação).

Sem mudanças de um ano para outro com relação às primeiras categorias do ranking. A diferença entre a categoria TI e Programação e as seguintes é muito ampla. Também vemos que estão surgindo novas áreas de atuação, mas que elas ainda buscam um espaço no mercado freelance: educação, pesquisa, RH, arquitetura, entre outras.

Experiência em trabalhos CLT antes de se tornar freelancer.

Prós do trabalho freelance

VANTAGENS
  • Gosto de gerenciar meus próprios horários
  • Não me limito a um salário fixo
  • Quero escolher os trabalhos nos quais participo
  • Posso trabalhar de qualquer lugar
  • 56,0%
  • 11,7%
  • 9,5%
  • 7,7%
  • Precisava de uma renda extra
  • Queria adquirir experiência para depois empreender
  • Foi uma alternativa porque estava desempregado(a)
  • Trabalho com o que gosto
  • Não me imagino em uma empresa / organização
  • 7%
  • 7%
  • 4,7%
  • 1,5%
  • 1,2%

Não se limitar a um salário fixo e poder escolher em quais projetos trabalhar também são aspectos valorizados por aqueles que escolhem encarar projetos freelance em menor escala.

CONTRAS DO
TRABALHO
FREELANCE
  • Descontinuidade do trabalho
  • Horários desorganizados
  • Não receber benefícios sociais
  • Nenhum
  • Tenho que estar o tempo todo buscando clientes
  • Solidão no trabalho
  • 37,7%
  • 25,9%
  • 14,5%
  • 12,6%
  • 8,4%
  • 0,9%

Duas caras de uma mesma moeda: muitos dos freelancers entrevistados nos contaram que o controle dos horários é uma grande vantagem e uma motivação para escolherem esse tipo de trabalho em vez do trabalho tradicional. Porém, isso ao mesmo tempo também se apresenta como um desafio que, segundo manifestaram, pode gerar desorganização.

Onde trabalham?

O local de trabalho preferido dos freelancers é a sua própria casa, o que está estritamente relacionado com a gestão dos próprios horários - o que os levou a escolher a modalidade freelance - 86% das pessoas que escolheram trabalhar de forma freelance para poderem controlar os seus horários trabalham em suas casas.

Sozinhos ou acompanhados, fazem um ótimo trabalho

No mundo freelance tende a predominar o trabalho solitário. Mais de 75% trabalha sempre, ou na maioria das vezes, sozinho.

Os freelancers costumam planejar participar de uma maior quantidade de projetos do que de fato participam, e desejam poder executar mais projetos do que o fazem atualmente, levando em consideração, também, que tendem a participar de projetos de curto prazo (de uma semana a um mês).

Quantidade e qualidade

  • Até 3
  • 4-10
  • 11-20
  • Mais de 20
  • 68,4%
  • 23,8%
  • 4,9%
  • 2,9%
  • Até 3
  • 4-10
  • 11-20
  • Mais de 20
  • 36,8%
  • 46,7%
  • 9,4%
  • 7,1%

Os freelancers querem participar de mais projetos, principalmente levando em consideração que eles geralmente participam de projetos de curto prazo (de uma semana a um mês).

Duração dos projetos

Quantas semanas de duração tiveram os últimos projetos que realizaram?

  • Menos de 1 semana
  • De 4 até 12 semanas
  • De 1 até 4 semanas
  • Mais de 12 semanas

Aqueles que consideram horários desorganizados como uma desvantagem têm trabalhado em poucos projetos e, principalmente, em projetos de curto prazo.

  • Menos de 1 semana 44,4 %
  • De 4 até 12 semanas28,3 %
  • De 1 até 4 semanas17,9 %
  • Mais de 12 semanas9,4 %
  • Até 357,9 %
  • 4-1033,3 %
  • 11-207,0 %
  • Mais de 201,8 %

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO PARA O TRABALHO DO FUTURO.

NÍVEL DE FORMAÇÃO
  • Ensino Superior Completo46,5%
  • Ensino Superior Incompleto20,6%
  • Pós graduação / Mestrado / Doutorado 13,8%
  • Ensino Médio Completo 9,3%
  • Ensino Fundamental Completo5,3%
  • Ensino Médio Incompleto3,4%
  • Ensino Fundamental Incompleto1,1%
Além da educação tradicional, que outros meios utilizam para se atualizar?
No último ano, utilizaram plataformas digitais ou espaços de e-learning para se capacitarem

A população freelance em sua maioria possui nível superior e complementa os seus ensinos formais por meio de livros, revistas (58,5%) ou cursos (34,8%) para continuar se especializando. Ainda assim, predomina a capacitação através de plataformas digitais ou espaços de e-learning, alcançando 73% dos entrevistados, com uma avaliação positiva dessa experiência.

Daqueles que consideram que estão capacitados, mas ainda precisam se preparar para o futuro tecnológico (53% dos entrevistados), 72% se capacita através de plataformas digitais ou espaços de e-learning.
E aqueles que consideram estar preparados para o futuro tecnológico (46%) também continuam se capacitando por estes meios (cerca de 75%).
É insignificante a porcentagem de entrevistados que consideram que não se sentem preparados para o futuro tecnológico.

Segunda parada:
Os clientes

QUEM SÃO?

Como são os clientes/empreendedores que buscam realizar os seus projetos através da Workana?
Desde 2012 até o início de 2019, foram publicados quase 1 milhão de projetos na plataforma.

FORAM REALIZADAS
162
entrevistas

GÊNERO

IDADE DOS CLIENTES

TIPO DE ORGANIZAÇÃO

  • Empresa
  • Negócio Próprio
  • Órgão Público
  • ONG
  • 65.8%
  • 30.0%
  • 2.5%
  • 1.7%

Há quanto tempo trabalham com freelancers

Mais da metade dos clientes começou a contratar freelancers há menos de 6 meses.
É uma tendência que está em rápido crescimento.

  • Menos de 3 meses 44,2 %
  • De 3 a 6 meses 10,8 %
  • Mais de 6 meses à 1 ano15,0 %
  • Mais de 1 ano a 3 anos13,3 %
  • Mais de 3 anos7,5 %
  • Não contrato freelancers9,2 %

Razões pelas quais começaram
a trabalhar com freelancers

O freelancer é contratado, em grande parte, para complementar o trabalho realizado pela equipe interna das empresas

Precisava de um apoio externo para poder me focar nas prioridades do negócio

Para realizar projetos pontuais

O freelancer pode contribuir com ideias e experiências próprias que ajudam na execução ou melhoria do projeto

Os custos operacionais tendem a ser menores

Para complementar o trabalho da equipe interna

Periodicidade com que contratam freelancers

Embora contratar freelancers não seja parte da rotina das empresas, 60% delas os contrata todas as semanas

Todas as semanas

Uma vez por mês

A cada dois ou três meses

A cada seis meses

Esporadicamente

Outros

Incorporação de freelancers nos próximos meses

Ainda falta um plano detalhado para a inclusão dos freelancer no futuro. Isso pode ocorrer devido ao fato de essa incorporação estar relacionada com necessidades reais que vão surgindo (e ainda não foram identificadas), ou devido a uma abordagem mais “tradicional” a respeito da necessidade de uma equipe de trabalho permanente (ao invés de remota).

Atributos considerados mais importantes ao contratar freelancers

Experiência

Tempo de demora na entrega do trabalho

Preço da proposta

Criatividade e inovação

Modalidade de trabalho

Trabalho em equipe

Idioma em que trabalha

A experiência do profissional é o atributo mais valorizado na hora de escolher um freelancer. Por outro lado, o idioma do freelancer não é visto como um obstáculo, sendo considerado o atributo menos importante nos entrevistados.

RELAÇÕES DE TRABALHO

CATEGORIAS MAIS CONTRATADAS

A categoria mais contratada é a de TI e Programação (46,8%). Vale destacar que essa categoria representa cerca de 18,5% dos freelancers, por isso tendem a ter uma média maior de projetos.

  • . %
  • TI e Programação46.8%
  • Design e Multimídia24.8%
  • Tradução e Conteúdos13.8%
  • Marketing e Vendas11.9%
  • Suporte Administrativo1.8%
  • Engenharia e Manufatura0.9%

Desafios ao contratar freelancers

Encontrar o perfil que estão buscando e manter uma comunicação fluída são os maiores desafios para os clientes na hora de contratar freelancers

  • . %
  • Encontrar o perfil que está buscando46.8%
  • Manter uma comunicação e interação fluidas24.8%
  • Coordenar o trabalho remoto13.8%
  • Métodos de cobrança dos freelancers11.9%
  • Modalidade de incorporação1.8%
  • Adaptar a cultura da organização à essa nova tecnologia0.9%
  • Capacitar os funcionários para integrar essa modalidade de trabalho ao que vêm realizando0.9%
Contam com uma equipe freelancer
não 77.1%
sim 22.9%
Planejam trabalhar com o mesmo Freelancer
Às vezes com o mesmo e às vezes trocamos 75,9%
Sempre com o mesmo 20,5%
Sempre vamos trocando 3,6%

Fidelização do freelancer segundo a área de atuação

Ainda não há uma forte fidelização dos freelancers com seus clientes. A maior porcentagem dos casos ocorre na área de design e multimídia

TI e Programação

Design e Multimídia

Tradução e Conteúdos

Marketing e Vendas

Suporte Administrativo

Engenharia e Manufatura

O trabalho freelance chegou para ficar

Um total de 97,4% dos clientes disseram que o trabalho freelance vai crescer ainda mais nos próximos 5 anos.

Alguns dos benefícios de somar talento freelance através de um meio digital

Terceira parada:
Como viajamos: tecnologia

Dentro das relações de trabalho entre freelancers e clientes, a tecnologia é a grande mediadora e a principal força impulsionadora para um verdadeiro futuro do trabalho. Os freelancers parecem estar preparados ou se preparando para o futuro tecnológico, enquanto as empresas, embora digam que passaram por processos de transformação, consideram que apenas alguns membros de suas equipes estão preparados para dar o próximo passo. A maioria é positivamente receptiva às transformações.

RELAÇÃO
FREELANCERS-TECNOLOGIA

ESTOU PREPARADO PARA O FUTURO TECNOLÓGICO
  • A inovação tecnológica já afetou totalmente a minha carreira 62,50%
  • A inovação tecnológica já influenciou de algum modo a minha carreira 29,20%
  • A inovação tecnológica não afetou a minha carreira, e não acredito que vá afetar7,30%
  • A inovação tecnológica não afetou a minha carreira, mas acredito que vá afetar no futuro1,00%
POSSUO CONHECIMENTOS, MAS PRECISO ME CAPACITAR PARA O FUTURO TECNOLÓGICO
  • A inovação tecnológica já afetou totalmente a minha carreira38,90%
  • A inovação tecnológica já influenciou de algum modo a minha carreira49,20%
  • A inovação tecnológica não afetou a minha carreira, e não acredito que vá afetar8,60%
  • A inovação tecnológica não afetou a minha carreira, mas acredito que vá afetar no futuro3,20%

CENÁRIOS PARA O FUTURO DOS FREELANCERS COM RELAÇÃO ÀS TRANSFORMAÇÕES TECNOLÓGICAS: POSITIVOS OU NEGATIVOS?

Praticamente todos os entrevistados (98,6%) acreditam que as transformações tecnológicas irão gerar cenários positivos para o seu trabalho no futuro.

RELAÇÃO CLIENTES-TECNOLOGIA

66.4% DAS EMPRESAS/ORGANIZAÇÕES AFIRMAM TER PASSADO POR UMA TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NOS ÚLTIMOS 5 ANOS.

  • A inovação tecnológica já afetou totalmente
  • A inovação tecnológica já influenciou de algum modo
  • A inovação tecnológica não afetou, e não acredito que vá afetar
  • A inovação tecnológica não afetou, mas acredito que vá afetar no futuro

Impacto da inovação tecnológica pelo tempo que está trabalhando com freelancers

  • A inovação tecnológica não afetou, mas acredito que vá afetar no futuro
  • A inovação tecnológica não afetou, e não acredito que vá afetar
  • A inovação tecnológica já influenciou de algum modo
  • A inovação tecnológica já afetou totalmente

O impacto da tecnologia pela a quantidade de funcionários

  • Confiantes: sentimos que estamos preparados para a era digital
  • Entusiasmados: estamos a caminho da digitalização
  • Inseguros: ainda não incorporamos a digitalização

Sentimento da empresa com relação ao impacto da tecnologia na sua gestão

  • Inseguros: ainda não incorporamos a digitalização
  • Entusiasmados: estamos a caminho da digitalização
  • Confiantes: sentimos que estamos preparados para a era digital

Além disso, os clientes consideram que estão prontos para enfrentar as mudanças tecnológicas que irão surgir?

SIM 67.40
NÃO 7.5
TALVEZ 25.5

AS EMPRESAS CONSIDERAM QUE ESTÃO PREPARADAS PARA O FUTURO TECNOLÓGICO E VÊM SE PREPARANDO PARA ISSO (ATRAVÉS DA CAPACITAÇÃO DE SEUS FUNCIONÁRIOS E TRANSFORMAÇÕES TECNOLÓGICAS). A INOVAÇÃO JÁ IMPACTOU A SUA EMPRESA E ESTÃO PREPARADOS PARA AS MUDANÇAS TECNOLÓGICAS, COM UMA VISÃO DE ENTUSIASMO OU CONFIANÇA.

Além disso, os clientes consideram que seus funcionários estão preparados para enfrentar as mudanças tecnológicas que irão surgir?

O TRABALHO FREELANCE
E O MUNDO DIGITAL

O emprego freelance se instalou definitivamente no mundo digital: praticamente todos os freelancers consultados (98%) acredita que o uso de meios online aumenta a possibilidade de conseguir trabalhos desse tipo, e preferem o trabalho remoto.

TRABALHO REMOTO E TIPO
DE REUNIÕES QUE FAZEM

  • NÃO GOSTO DE TRABALHAR DE MANEIRA REMOTA
  • NÃO GOSTO MUITO DE TRABALHAR DE MANEIRA REMOTA PORQUE GOSTO DE ESTAR NO ESCRITÓRIO E VER MEUS CLIENTES E OUTROS PROFISSIONAIS, FICO MAIS PRODUTIVO
  • GOSTO DE TRABALHAR DE MANEIRA REMOTA, MAS AINDA NÃO FUI CAPAZ DE CRIAR RELAÇÕES MAIS PRÓXIMAS COM MEUS CLIENTES E OUTROS PROFISSIONAIS ME COMUNICANDO APENAS POR CHAT, E-MAIL E TELEFONE
  • GOSTO DE TRABALHAR DE MANEIRA REMOTA, TENHO MUITA FACILIDADE PARA CRIAR UMA RELAÇÃO MAIS ESTREITA COM MEUS CLIENTES E OUTROS PROFISSIONAIS, AINDA QUE SEJA À DISTÂNCIA
  • 2.2
  • 8.1
  • 17.2
  • 72.5

Um dos aspectos que identifica o trabalho remoto é o tipo de reuniões que realizam.
Assim, quem opta pelo trabalho remoto também prefere as reuniões online.

  • Não gosto de trabalhar de maneira remota
  • Gosto de trabalhar de maneira remota, mas ainda não fui capaz
  • Gosto de trabalhar de maneira remota, mas às vezes acho difícil criar uma relação mais estreita com os clientes
  • Gosto de trabalhar de maneira remota, tenho muita facilidade
  • 20% 13.3% 66.7%
  • 35.7% 19.6% 44.6%
  • 47.9% 12.6% 39.5%
  • 60% 18.1% 21.9%
  • Mais reuniões online do que presenciais
  • Igualmente reuniões presenciais e online
  • Mais reuniões presenciais do que online

Quarta parada:
As plataformas

As plataformas que conectam freelancers com clientes são parte da inovação digital e do trabalho do futuro.

AVALIAÇÃO DO
FUNCIONAMENTO DAS PLATAFORMAS

O que os freelancers pensam das plataformas que os conectam com os clientes?
  • .
  • Excelentes
  • Muito boas
  • Boas
  • Regulares
  • Ruins
  • %
  • 31.7
  • 37.1
  • 21.9
  • 7.9
  • 1.3
O que os clientes pensam das plataformas que os conectam com freelancers?
  • .
  • Excelentes
  • Muito boas
  • Boas
  • Regulares
  • Ruins
  • %
  • 26,7
  • 33.6
  • 27.6
  • 9.5
  • 2.6
As plataformas são muito valorizadas pelos freelancers

TER UM PAGAMENTO ASSEGURADO É O ASPECTO MAIS VALORIZADO DAS PLATAFORMAS (62,2%), SEGUIDO PELA POSSIBILIDADE DE ENCONTRAR CLIENTE FACILMENTE (47%). É POSSÍVEL PERCEBER QUE AS PLATAFORMAS NÃO SÓ GERAM TRABALHO, MAS TAMBÉM SÃO UM ESPAÇO ONDE OS FREELANCERS FAZEM CONTATOS E REDES COM CLIENTES, COMO REFERÊNCIAS EM SUAS ÁREAS.

Destino Final:
Workana

A Workana incorporou quase 55% de seus freelancers nos últimos 6 meses, alcançando novos mercados e áreas.

MODALIDADES DE PROJETOS
MAIS REALIZADOS

TER UM PAGAMENTO ASSEGURADO É O ASPECTO MAIS VALORIZADO DAS PLATAFORMAS (62,2%). SEGUIDO PELA POSSIBILIDADE DE ACESSAR FACILMENTE OS CLIENTES (47%). PODE-SE PERCEBER QUE AS PLATAFORMAS NÃO SÓ SÃO GERADORAS DE TRABALHO, MAS TAMBÉM UM ESPAÇO DE ONDE OS FREELANCERS PROMOVEM CONTATOS E REDES COM CLIENTES COMO REFERÊNCIAS EM SUAS ÁREAS.

AVALIAÇÃO DA
EXPERIÊNCIA NA WORKANA

Como os freelancers avaliam a sua experiência na WORKANA?

Como os clientes avaliam a sua experiência na WORKANA?

O importante do caminho:
Aprendizados

O futuro do trabalho e o vínculo cliente-freelancer

Obrigado por ter nos acompanhado nessa jornada, onde pudemos conhecer as particularidades dos freelancers: quem são, como trabalham, como é sua formação e educação, e sua visão a respeito do uso da tecnologia e da inovação digital. Também pudemos conhecer a outra cara da mesma moeda, os clientes. O intercruzamento de informações desses dois atores fornece um relato das diferentes perspectivas e semelhanças de cada um, de onde é importante poder construir.

O trabalho remoto chegou para ficar e se expandir. Essa forma de trabalho se encontra em uma etapa de transição, com otimismo sobre o futuro do trabalho freelance, e requer um esforço entre as empresas e os freelancers no qual os primeiros atuam como impulsionadores desta nova modalidade de trabalho.

Os freelancers estão motivados e animados em viverem a vida que querem viver ao redor do seu trabalho, uma vida que lhes permite organizar seus horários, escolher os projetos em que participar, trabalhar de qualquer lugar, entre outras coisas. Por outro lado, os clientes são gratos pelo apoio dos freelancers aos seus negócios no que diz respeito à inovação, experiência e ideias que eles proporcionam de uma visão de fora, e que os permite focar em suas prioridades.

Parte desse desafio requer que os freelancers agreguem, além das suas capacidades relacionadas à suas áreas de atuação, habilidades sociais, que permitam potencializar a relação com o cliente (como por exemplo a comunicação, empatia, atitude positiva, boa organização, entre outras). E que os clientes, por sua parte, entendam as particularidades dessa modalidade de trabalho, promovendo a adaptação à mudança neles mesmos e no interior das organizações.

Em um contexto globalizado, de transformação tecnológica e inovação digital, são geradas condições propícias para desenvolver trabalhos com essas características, podendo clientes e freelancers se conectarem em lugares distintos do planeta e desenvolverem propostas desafiadoras e criativas. É uma grande oportunidade que se apresenta para o futuro e seu impacto dentro do mundo do trabalho.

Desafio: continuar fortalecendo o vínculo entre freelancers e clientes

Quem está mais preparado para o trabalho remoto, os freelancers ou os clientes? Como está sendo adaptada e adotada essa nova forma de trabalho? Ainda estamos no meio da jornada, e só vão surgindo mais dúvidas conforme vamos avançando. Nosso grande aprendizado é fazer isso desde o ponto em que se encontram, freelancers e clientes, de maneira colaborativa. A Workana vem para responder e mediar essa lacuna, promover esse diálogo e colaborar no fortalecimento do vínculo. Esperamos que essa conversa vá além de nós e tome uma dimensão própria.